• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

TV Cultura - São Paulo

TV-Cultura

TV Cultura São Paulo

Canal: 2 VHF e 24 UHF

Localidade: São Paulo – São Paulo

Site: http://tvcultura.cmais.com.br/

Missão/valores institucionais

Há quarenta anos a Fundação Padre Anchieta colabora com a cultura nacional e abre caminhos para ensinar, divertir e cumprir sua função no desenvolvimento social. Pela defesa e aprimoramento integral da pessoa humana e pela formação crítica do homem para o exercício da cidadania: estes são os pontos fundamentais de seu estatuto, que orienta a entidade que a administra, a Fundação Padre Anchieta. Toda sua ação busca cumprir os artigos 220 a 224 da Constituição Brasileira, que determinam às emissoras de rádio e televisão dar prioridade a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas; promovendo a cultura nacional e regional e estimulando a produção independente.

O respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família são premissas imprescindíveis, bem como a garantia de prioridade para o trabalho de profissionais brasileiros na execução das produções televisivas e radiofônicas. A produção está sempre comprometida com a veracidade, trabalhando no sentido de universalizar o direito à informação e à comunicação.

Educação, cidadania e serviços, dramaturgia, cultura e arte, música, juventude e infância, meio ambiente e jornalismo são suas prioridades. A Fundação vai abre espaço para a experimentação, buscando novas linguagens e formatos, em favor da solidariedade, da democracia e da paz, para assim expressar a diversidade brasileira, socializando a produção do conhecimento e fortalecendo a causa da televisão pública.

Histórico da emissora

A Fundação Padre Anchieta - Centro Paulista de Rádio e TV Educativas, instituída pelo governo do Estado de São Paulo em 1967, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

Por inspiração de seus fundadores, as emissoras de sinal aberto da Fundação Padre Anchieta não são nem entidades governamentais, nem comerciais. São emissoras públicas cujo principal objetivo é oferecer à sociedade brasileira uma informação de interesse público e promover o aprimoramento educativo e cultural de telespectadores e ouvintes, visando a transformação qualitativa da sociedade.

Natureza jurídica da emissora

Entidade de direito privado que goza de autonomia intelectual, política, administrativa e financeira, plena gestão dos seus bens e recursos, rege-se por seus atos constitutivos e por um estatuto.

Estrutura organizacional

A emissora é gerida pela Fundação Padre Anchieta, sem vinculação estatal de qualquer ordem.

Forma de gestão

A estrutura da emissora é formada por uma Diretoria Executiva composta de um diretor presidente, um diretor vice-presidente, um diretor administrativo e financeiro e um diretor técnico. Além disso, a emissora conta com diretorias de projetos educacionais, de administração e finanças e de engenharia. A Diretoria é responsável pela organização e direção das atividades da Fundação e é escolhida a cada três anos, com possibilidade de reeleição.

A Diretoria Executiva conta com o apoio do seu Conselho Curador para gestão da entidade. O conselho é formado por 47 membros, entre eles representantes de universidades, institutos de pesquisa, entidades culturais, funcionários da Fundação e dos poderes Legislativo e Executivo. Cabe ao conselho participar das decisões estratégicas e garantir a autonomia da fundação. O Conselho conta com um mecanismo interno de comunicação e transparência que é o Blog da Cultura (http://www.tvcultura.com.br/blogdacultura/).

Modelo de financiamento

Custeada por dotações orçamentárias do Estado brasileiro legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, além de receitas próprias originadas a partir de contatos com diferentes setores da sociedade, tanto no âmbito público como privado.

A fundação gera e amplia receitas através da venda de patrocínios e apoios culturais e de produtos e sub-produtos criados a partir de elementos da programação. É realizado, ainda o licenciamento e a prestação de serviços específicos, como produção de vídeos institucionais.

Programação

A TV Cultura dá prioridade a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas; promovendo a cultura nacional e regional e estimulando a produção independente e a exibição de obras cinematográficas brasileiras pela TV. O respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família são premissas incontornáveis, bem como a garantia de prioridade para o trabalho de profissionais brasileiros na execução das produções televisivas e radiofônicas.

Segundo sua própria definição, a Fundação se apresenta como alternativa concreta ao modelo centralizado e vertical de produção da mídia eletrônica. A programação de suas mídias será eminentemente cultural, educativa, informativa, artística e inovadora. Não será comercial, nem terá fins lucrativos. Não será utilizada para promoção pessoal, de causas religiosas, comerciais ou partidárias; dará visibilidade e voz às minorias, buscando apoiar processos de inclusão social. Estará sempre comprometida com a veracidade, trabalhando no sentido de universalizar o direito à informação e à comunicação. Educação, cidadania e serviços, dramaturgia, cultura e arte, música, meio ambiente, juventude e infância e jornalismo são nossas prioridades.

A Fundação se compromete, ainda, a abrir espaço para a experimentação, buscando novas linguagens e formatos, socializando a produção do conhecimento e fortalecendo a causa da televisão pública.

Pela análise de sua grade é possível concluir que a programação da emissora é vasta. No total, são 56 programas, com destaque para formatos infantis e jornalísticos. Atende a finalidades educativas e culturais, apresenta qualidade e diversidade de conteúdos na programação, atua com independência em relação a governos, promove a cultura nacional e regional e estimula a produção independente e promove visibilidade a vários grupos da sociedade.

Participação pública

Para contato dos telepectadores, a emissora disponibiliza uma Central de Relacionamentos. A Fundação Padre Anchieta possui Conselho Curador que conta com participação popular e de representantes da sociedade civil em conselhos de programação da TV. Não indicação de programas interativos, ombudsman ou clube de telespectadores em seu site.

Plataforma multimídia

A emissora conta com site com podcast, streaming, RSS e webmail, além de estar fortemente presente nas redes sociais: Facebook, Flickr, Twitter, Youtube e Webtv.


COMPARTILHE


TVs (BR)

tv

Rádios (BR)

radio

FACEBOOK

Twitter

TAGS