• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

TV Justiça 53 UHF - Brasília

TV_Just

Canal: 53 UHF

Localidade: Brasília - DF

Site: http://www.tvjustica.jus.br/

Missão/valores institucionais

“Nossa proposta é possibilitar que o público acompanhe o dia-a-dia do Judiciário, ensinando as pessoas a alcançar a Justiça e como defender seus direitos. A TV Justiça trabalha na perspectiva de informar, esclarecer e ampliar o acesso à Justiça, buscando tornar transparentes suas ações e decisões. Nosso maior propósito é levar ao ar programas que exponham uma visão de conjunto da Justiça, com toda a diversidade que ela comporta. Sua principal finalidade é ser um espaço de comunicação e aproximação entre os cidadãos e o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública e a Advocacia.

A emissora tem como principal objetivo conscientizar a sociedade brasileira em favor da independência do Judiciário, da justiça, da ética, da democracia e do desenvolvimento social e proporcionar às pessoas o conhecimento sobre seus direitos e deveres”.

Histórico da emissora

O instrumento legal de criação da TV Justiça é a Lei 10.461 de 17 de maio de 2002, que modificou a Lei 8.977, de maio de 1995, a "Lei do Cabo", assim denominada por regulamentar o funcionamento das emissoras de TV por assinatura.

Com sede no STF, em Brasília, a TV Justiça entrou no ar em 11 de agosto de 2002. Além do sistema a cabo e por satélite (DHT), o sinal da TV Justiça também pode ser captado por antenas parabólicas.

Natureza jurídica da emissora

Vinculada à administração pública direta.

Estrutura organizacional

A emissora é um canal público, de caráter não-lucrativo, coordenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Forma de gestão

A administração da TV Justiça está sob a responsabilidade de um Conselho Consultivo juntamente com a Secretaria de Comunicação Social do STF. Sua estrutura conta com um secretário de Comunicação Social, um coordenador-geral, um coordenador do núcleo técnico-operacional, um coordenador do núcleo de Jornalismo e um coordenador do núcleo de produção e programação.

Modelo de financiamento

Os recursos da TV são provenientes do orçamento público repassado ao STF.

Programação

Segundo sua definição, a proposta da emissora é possibilitar que o público acompanhe o dia-a-dia do Judiciário, ensinando as pessoas a alcançar a Justiça e como defender seus direitos, para preencher uma lacuna deixada pelas emissoras comerciais em relação às notícias ligadas às questões judiciárias.

A TV Justiça trabalha na perspectiva de informar, esclarecer e ampliar o acesso à Justiça, buscando tornar transparentes suas ações e decisões. Por meio da transmissão de julgamentos, programas de debates, seminários ou conferências, enfrentam o desafio de traduzir a linguagem especializada do Direito para o público leigo, relacionando fatos e notícias com o cotidiano. Realizam uma cobertura jornalística prolongada, profunda e variada, para evitar que temas importantes e complexos sejam abandonados ou tratados de forma superficial.

A grade de programação é predominantemente jornalística, tendo 40 programas desse formato, que ocupam 78,43% de sua exibição. Além disso, traz programas educativos e um de cada um dos gêneros: cultural, esportivo, documentário e série.

Participação pública

Para contato do público, a emissora disponibiliza uma Central de Atendimento ao Telespectador. Na grade de programação, há a indicação de um programa produzido com participação popular. No site do STF, o público pode acompanhar a gestão orçamentária, licitações e recursos humanos do órgão, incluindo a TV.

Há, ainda, um Conselho Consultivo que assessora a Secretaria de Comunicação Social do STF nos assuntos relativos à programação da TV Justiça. Ele é composto por um jornalista, um operador cultural, um advogado e um juiz de direito. Não indicação de ombudsman, clube de telespectadores, seminários com a participação de entidades ou audiências públicas em seu site.

Plataforma multimídia

A emissora conta com site com streaming, webmail e RSS. É possível baixar vídeos da programação direto do site. Além disso, está presente nas redes sociais Youtube e Twitter.


COMPARTILHE


TVs (BR)

tv

Rádios (BR)

radio

FACEBOOK

Twitter

TAGS


kerajaan cerita horor gosip terbaru berita terbaru windows gadget toko game